Por muitos anos, a etapa de preparação de amostras foi o ‘gargalo’ de muitos laboratórios, principalmente por conter técnicas manuais como a extração líquido-líquido (LLE), que embora seja tradicional, é lenta, laboriosa, envolve um alto volume de solventes orgânicos, além de estar sujeita à variabilidade da técnica de cada analista.

Mas os dias de muito trabalho e pouco resultado para os processos de análises de compostos orgânicos podem ficar para trás. Com a linha de equipamentos automatizados para preparo de amostras da Horizon Technology, todo laboratório poderá contar com processos de extração em fase sólida (SPE) e concentração/evaporação de amostras completamente confiáveis. Desta forma, será possível:

  • Reduzir o trabalho manual e permitir que analistas foquem suas habilidades em outras tarefas
  • Aumento da reprodutibilidade nos resultados ao diminuir a variabilidade de técnica
  • Reduzir o uso de solvente em até 90%
  • Aumentar a segurança do analista, ao reduzir sua exposição a solventes
  • Adequar-se aos métodos regulatórios mais rigorosos