A remoção de água (secagem) é uma técnica comum para aumentar a estabilidade, a tolerância à temperatura e o tempo de prateleira de produtos biofármacos, alimentares, etc.. Apesar de bem estabelecido, o método de liofilização requer equipamentos caros e que ocupam muito espaço; é um método longo, podendo levar dias para ser concluído; e se for necessário que o produto final seja um pó, é necessário incorporar um processo de granulação subsequente ao processo.

Em contrapartida, a técnica de spray drying é um processo mais simples, com maior taxa de processamento, escalável e pode produzir pós adequados para serem processados em tabletes/capsúlas, tudo em único processo, sem a necessidade de moagem ou outro tipo de processamento secundário. Além disso, o processo de spray drying permite que a engenharia de partículas seja mais facilmente realizada. Através da modificação de parâmetros do processo, o usuário pode ajustar várias propriedades das partículas, como distribuição de tamanho, dispersibilidade, enriquecimento de superfície de biofármacos, enquanto que pelo processo de liofilização, o tamanho do material só pode ser reduzido por moagem.

O Spray Dryer ProCepT possui uma capacidade de secagem médica de 1 kg H2O/ hora; escalabilidade comprovada (importante para etapas de scale up/down); rendimentos acima de 90% mesmo para volumes de entrada pequenos; pode produzir partículas de 1-150 μm; possibilidade de operar com solventes aquosos e orgânicos; função spray chilling (opcional) para ceras, polímeros, etc. Tudo isso acoplado a uma unidade de controle que controla e monitora todos os parâmetros críticos de processo.