Forno Tubular Rotatório Carbolite-Gero HTR

Une, em escala laboratorial, muitas das vantagens de um reator de leito fluidizado com as de um forno rotativo. A amostra é ao mesmo tempo aquecida e misturada sob uma atmosfera controlada.
Foi desenvolvido em parceria com a Imperial College of Science & Technology, de Londres

Controlador de temperatura Simples – PID 301
• Temperatura máxima de funcionamento: 1100°C
• O aquecimento é rápido, e os elementos são montados em módulos de isolamento semi-circular rígido, formados à vácuo.
• Vaso do reator de quartzo
• Um interruptor de segurança corta a energia dos elementos térmicos quando o forno está aberto.
• O gás entra no reator através de um tubo de borracha de silicone flexível
• Um medidor de fluxo de 30 mm para Nitrogênio é fornecido.

Para mais detalhes técnicos, acessar a página 78, do Catálogo Carbolite-Gero

• Controladores de temperatura sofisticados, com programações multi-segmentares e gravação de dados
• Ampla variedade de tubos de trabalho, com materiais diferentes.
• Plugs de Isolamento e vedações
• Medidores de fluxo simples ou múltiplos para gases diferentes.
• Reator opcional de inconel (liga de níquel)

Você pode gostar de ler também...

  • Forno Tubular Bipartido Rotatório Carbolite-Gero RHZS

    Temp. Máx: 1150°C
    Comp. de aquecimento: 900mm
    Três Zonas de Aquecimento
    Inclinação e velocidades de rotação variáveis

    Mais detalhes
  • Forno Tubular Compacto Horizontal Bipartido Carbolite-Gero EST/ EZS

    Temperatura Máxima: 1200°C
    Uma e três Zonas de Aquecimento
    Configuração Horizontal
    Malha externa para segurança

    Mais detalhes
  • Forno Tubular Horizontal de Alta Temperatura Carbolite-Gero HTRH

    Temp. Máxima: 1800°C
    Elementos térmicos de Dissilicieto de molibdênio
    Uma ou três Zonas de aquecimento

    Mais detalhes