Forno tubular bipartido Nabertherm até 1.300°C

Forno tubular bipartido Nabertherm até 1.300°C
Compartilhe:

Forno tubular bipartido Nabertherm até 1.300°C

Forno tubular bipartido Nabertherm até 1.300°C

Os Fornos tubulares bipartidos Nabertherm até 1.300°C possuem temperatura máxima de 1.100°C ou de 1.300°C, ambos para uso horizontal (RSH) ou vertical (RSV). Além disso, por serem bipartidos permitem facilidade na troca dos tubos de trabalho. Com os sistemas de injeção de gases, é possível trabalhar sob uma atmosfera de vácuo, gás de proteção ou gases de reação não inflamáveis. Para comandar o processo, para além dos controladores padrão, também podem ser utilizados controladores CLP modernos.

Dados técnicos do Forno tubular bipartido Nabertherm até 1.300°C

  • Temperatura máxima de funcionamento: 1.100°C ou 1.300°C
  • Diâmetro de 50 a 170 m e Comprimento de aquecimento de 250 a 1.000 mm
  • Carcaça de chapas duplas de aço inoxidável
  • Uso de materiais de isolamento classificados como não carcinogênicos conforme TRGS 905, classe 1 ou 2.
  • Termopar tipo N (1.100°C) e tipo S (1.300°)
  • Suporte para uso vertical (RSV), com controlador separado do forno
  • Modelo horizontal com o controlador abaixo do forno (RSH)
  • Bipartido
  • Ademais, possui Tubo de Trabalho de C 530 e plugs de isolamento inclusos (para uso no ar atmosférico)

Conheça mais da linha de fornos da Nabertherm clicando aqui.

Lembrando que você pode adquirir nossos equipamentos por Importação Direta. Contando com a experiência da Biovera na preparação da documentação em acordo com as normas da Aduana Brasileira.

Forno tubular bipartido Nabertherm até 1.300°C 1

Forno tubular bipartido Nabertherm até 1.300°C

Marca: Nabertherm

  • Grande variedade de controladores
  • Proteção contra superaquecimento
  • Controle da amostra com medição de temperatura no tubo de trabalho e na câmara do forno fora do tubo
  • Sistemas de injeção de gases de proteção ou de reação, não inflamáveis com válvula de corte e fluxômetro com válvula de regulação, opcionalmente com válvula solenóide e vácuo,
  • Indicação da temperatura no tubo de trabalho por um termopar extra
  • Modelo com 3 (três) zonas de aquecimento para otimização da uniformidade da temperatura, podendo possuir três controladores diferentes, permitindo um gradiente da temperatura.

Forno tubular bipartido Nabertherm até 1.300°C 2

Separadores de zonas para permitir gradiente de temperatura

  • Sistemas de refrigeração para resfriamento rápido do tubo de trabalho e da amostra
  • Válvula de retenção na saída do gás, que impede a reentrada do ar
  • Tubos de trabalho alternativos elaborados para as exigências do processo
  • Controle e documentação de processos através do pacote de software VCD para monitorização, documentação e controle